Quem é o ex-‘lobo de Wall Street’, que virou guru de criptomoedas

Em 1999, ele foi condenado a 4 anos de prisão por enganar mais de 1.500 investidores em um rombo de US$ 200 milhões

Conhecido como o empresário que inspirou o personagem de Leonardo DiCaprio em ‘O Lobo de Wall Street’ (2013), Jordan Belfort, de 59 anos, se tornou conhecido por seus golpes no mercado de ações.

Em 1999, ele foi condenado a 4 anos de prisão por enganar mais de 1.500 investidores em um rombo de US$ 200 milhões. No entanto, cumpriu uma pena de 22 meses.

De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, Belfort atualmente trabalha como consultor e coach de vendas, “cobrando dezenas de milhares de dólares por sessões privadas sobre criptomoedas“.

Agora investidor, ele controla várias startups, incluindo uma nova plataforma NFT e um projeto de criptomoeda com tema animal que ele disse estar “tentando pegar o ecossistema de cães e animais de estimação e colocá-lo no blockchain”.

Recém-convertido do ceticismo cripto, o veículo lembra que não muito tempo atrás ele gravou um vídeo no YouTube sobre os perigos do Bitcoin, que ele chamou de “insanidade maldita” e “ilusão em massa”.

Com o passar do tempo, ele gradualmente mudou de ideia, à medida que aprendeu mais sobre criptomoedas e seus preços dispararam.

BeFunky collage 1
Divulgação | Instagram

EX-LOBO DE WALL STREET

Em 1990, Belfort fundou a corretora de valores mobiliários Stratton Oakmont, onde faturou milhões de dólares com a venda de penny stocks e atividades ilegais de IPO de pequenas empresas.

Em seu auge, ele e seus sócios consumiam drogas e empregavam prostitutas regularmente. Em 1999, Belfort e seu sócio, Danny Porush, foram indiciados por fraude de valores mobiliários e lavagem de dinheiro.

Eles confessaram que por sete anos operaram um esquema no qual manipularam as ações de pelo menos 34 empresas. Após cumprir a pena de 22 meses, Belfort ganhou fama por seus livros ‘O Lobo de Wall Street’ e ‘A Caçada do Lobo de Wall Street’, em que conta sua história no mercado financeiro.

A primeira obra foi adaptada para um filme com o mesmo nome, do diretor Martin Scorsese, lançado em 2013, onde teve sua vida interpretada por Leonardo DiCaprio.

Agora, o empresário diz que está “massivamente ansioso por regulamentação” na indústria de criptomoedas.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas