Empréstimo da Caixa é liberado até para quem tem nome sujo

De acordo com a Caixa Econômica Federal, 83% dos clientes que solicitaram o serviço estão negativados

Trabalhadores autônomos e MEIs (microempreendedores individuais) podem solicitar o microcrédito (empréstimo de pequeno valor) mesmo com o nome sujo. De acordo com a Caixa Econômica Federal, 83% dos clientes que solicitaram o serviço estão negativados.

Os valores variam entre R$ 1.500 e R$ 3 mil, podendo ser pagos no prazo de 18 a 24 meses. As taxas de juros mensais vão de 1,99% a 3,6%.

Até o momento o público pode fazer a solicitação apenas nas agências da Caixa.

Para autônomos e MEIs, o valor máximo da dívida não deve ultrapassar R$ 3 mil em 31 de janeiro deste ano, não contabilizando financiamentos habitacionais e limite de crédito bancário não utilizado.

Além disso, é necessário que os MEIs tenho um tempo mínimo de 12 meses em atividade como pré-requisito para pedir o empréstimo.

Para pessoas físicas, o valor do empréstimo varia de R$ 300 a R$ 1 mil, com taxas de juros entre 1,95% a 3,6% mensais, podendo ser parcelado em até 24 vezes.

No entanto, é necessário que esse grupo tenha interesse em tornar-se empreendedor autônomo. Ao todo, a Caixa liberou 693 milhões.

As condições para realizar a contratação do SIM Digital foram definidas pelo Ministério do Trabalho em 28 de março.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas