Destaques da Bolsa: Vale (VALE3) opera entre as maiores quedas

Confira os destaques desta segunda-feira (25)

O Ibovespa opera em queda, nesta segunda-feira (25), acompanhando os principais mercados internacionais. 

Às 12h40, o Ibovespa caía 1,47%, a 109.943 pontos. 

Vale (VALE3) cai 3,11%, CSN (CSNA3) recua 5,36%, Gerdau (GGBR4) tem queda de 4,95% e Metalúrgica Gerdau (GOAU4) tem baixa de 4,11%. 

As ações da Petrobras (PETR3;PETR4) também registram perdas de 2,55% e 3,21%, respectivamente.

Entre os destaques positivos, Ambev (ABEV3) sobe 2,03%, Petz (PETZ3) avança 2,01% e Hapvida (HAPV3) tem ganhos de 1,48%.

Confira os destaques desta segunda-feira:

IRB Brasil (IRBR3) 

O ressegurador IRB Brasil registrou prejuízo líquido de 50,9 milhões de reais em fevereiro, frente a lucro de 20,8 milhões de reais no mesmo mês do ano passado.

No primeiro bimestre deste ano, o IRB acumulou lucro líquido de 63,2 milhões de reais, acima dos 38,8 milhões de reais reportados um ano antes.

O prêmio emitido pelo ressegurador em fevereiro totalizou 478,5 milhões de reais, queda de 9,5% na comparação anual, enquanto as despesas com sinistros foram de 188,9 milhões de reais, contra 379,6 milhões de reais em igual etapa de 2021.

TIM (TIMS3) 

A TIM espera que a aquisição de parte das operações de telefonia móvel da Oi crie de 16 bilhões a 19 bilhões de reais de valor global para a empresa.

A TIM, que é controlada pela italiana Telecom Italia, disse no domingo à noite que a estimativa leva em consideração as sinergias comerciais e de infraestrutura.

Segundo a TIM, 45% das sinergias devem ser capturadas até 2030.

A TIM acertou a compra das operações móveis da Oi em um leilão no final de 2020, quando fez uma oferta conjunta de 16,5 bilhões de reais com as rivais Telefônica Brasil e Claro, subsidiária da mexicana América Móvil.

O negócio foi concluído na semana passada, após grande escrutínio regulatório. A participação da TIM no mercado nacional agora chega a 27%, de 20% no final do ano passado.

Ultrapar (UGPA3) 

O grupo Ultrapar disse nesta segunda-feira que projeta investimentos na ordem de 1,672 bilhão de reais em 2022, sendo 800 milhões de reais em expansão dos negócios e 872 milhões de reais em manutenção e outros fins, segundo comunicado ao mercado.

“A parcela de investimentos com foco em expansão prioriza investimentos para a continuidade do crescimento dos negócios, por meio de aumentos de capacidade e ganhos de eficiência e produtividade”, disse a empresa.

Entre as unidades do grupo, a rede de postos Ipiranga receberá o maior volume de investimentos, um total de 1,022 bilhão de reais, seguido pela Ultragaz, com 374 milhões de reais.

A Ultrapar disse no comunicado que o montante total de investimentos previsto para 2022 do grupo é “superior aos investimentos realizados nos últimos dois anos”.

Com Reuters

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas