Destaques da Bolsa: Vale (VALE3) cai quase 6% e Petrobras (PETR3) recua 5%

Confira os destaques desta sexta-feira (22)

O Ibovespa fechou em queda, nesta sexta-feira (22), acompanhando os índices dos Estados Unidos.

O principal índice da B3 fechou em queda de 2,86%, aos 111.078 pontos.

Após queda do minério de ferro, Vale (VALE3) caiu 5,80%, CSN (CSNA3) recuou 7,68%, Gerdau (GGBR4) e Usiminas (USIM5) perderam 2,69%.

As ações da Petrobras (PETR3;PETR4) desvalorizaram 4,98% e 3,90%, respectivamente.

Eletrobras PNB (ELET6) caiu 3,97% e Eletrobras ON (ELET3) registrou perda de 4,95%.

Entre as poucas altas do índice, Copel (CPLE6) subiu 1,63%, Raia Drogasil (RADL3) avançou 0,22% e Ambev (ABEV3) teve ganhos de 0,14%.

Confira os destaques desta sexta-feira:

Natura (NTCO3)

A fabricante de cosméticos Natura&Co divulgou na quinta-feira à noite expectativa de queda de até 13,3% na receita líquida do primeiro trimestre de 2022, impactada pelas contínuas pressões de custos.

A empresa publicou números preliminares e não auditados após tombo da ação na última sessão, diante de rumores de vazamento de informações.

A Natura projeta receita líquida entre 8,20 bilhões e 8,25 bilhões de reais para o trimestre, uma queda de 12,7% a 13,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo fato relevante. A margem Ebitda ajustada deve ficar entre 7,0% e 7,3% em relação ao 10,2% no primeiro trimestre de 2021, disse a empresa.

Eletrobras (ELET3;ELET6)

A presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, anunciou, no final da tarde desta quarta-feira (20), a concessão de uma vista pelo prazo de 20 dias do julgamento do processo de privatização da Eletrobras.

“Concedo o prazo regimental de 20 dias para vista coletiva”, disse ela.

A decisão foi anunciada após intenso debate de ministros do colegiado sobre o prazo para o adiamento do julgamento, que poderia prejudicar o cronograma considerado ideal pelo governo para realizar a operação ainda no primeiro semestre.

O ministro Vital do Rêgo queria inicialmente um prazo de 60 dias, enquanto o colega Jorge Oliveira, que foi ministro do governo do presidente Jair Bolsonaro, propôs um prazo menor, de sete dias.

Com Reuters

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas