Destaques da Bolsa: Banco Inter (BIDI11) sobe 9%; Vale (VALE3) recua 3%

Confira os destaques desta terça-feira (19)

O Ibovespa fechou em queda, nesta terça-feira (19), na contramão dos índices dos Estados Unidos. 

O principal índice da bolsa brasileira fechou em baixa de 0,55%, aos 115.056,66 pontos.

Após recuo do minério de ferro, a ação da Vale (VALE3) registrou queda de 3,19%.

Cemig (CMIG4) também caiu 5,84% e Carrefour Brasil (CRFB3) perdeu 4,30% e Eletrobras (ELET3) recuou 4,40%.

Já na outra ponta, os papéis da Petrobras (PETR3;PETR4) subiram 1,73% e 3,03%, respectivamente.

A brMalls (BRML3) teve alta de 7,66%. O conselho de administração da operadora de shopping centers autorizou negociação de termos da nova proposta de combinação de negócios apresentada pela rival Aliansce Sonae.

O Banco Inter (BIDI11) também ficou entre os destaques positivos, subindo 9,15%.

Confira os destaques desta terça-feira:

brMalls (BRML3)

A operadora de shoppings centers Aliansce Sonae (ALSO3) apresentou ao Conselho de Administração da brMalls uma nova proposta de combinação de negócios. Essa é a terceira vez que a oferta é enviada.

De acordo com fato relevante divulgado nesta terça-feira (19), a nova proposta apresenta pagamento em dinheiro no valor de R$ 1,25 bilhão e a entrega de 326.339.911 ações de emissão da Aliansce Sonae, que corresponde a uma relação de substituição de 1 ação de emissão da brMalls para 0,3940 ação de emissão da companhia.

A empresa ainda informou que a brMalls realizará uma reunião do conselho de administração para avaliar os termos, assim como discutir as medidas necessárias para levar a proposta para assembleia geral extraordinária.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras  informou, nesta terça-feira, que bateu recorde nacional no tempo de construção de um poço em águas profundas, alcançando a marca de 35 dias, no campo de Marlim, na Bacia de Campos.

O recorde anterior foi de 44 dias, no campo de Golfinho, na mesma bacia, em 2021. Já em Marlim, a média histórica nos últimos 20 anos na construção de poços era de 93 dias, indicando uma redução de 63% nesse prazo.

Segundo a Petrobras, esse desempenho gerou economia de cerca de R$ 40 milhões para a companhia, considerando a redução de custos em despesas logísticas e no aluguel de sondas, cuja taxa diária gira em torno de R$ 1,5 milhão, além da redução de exposição dos trabalhadores ao risco.

Gol (GOLL4)

A Gol vai converter até 12 aeronaves de passageiros modelo Boeing 737-800 para cargueiros de uso exclusivo pela companhia de comércio eletrônico Mercado Livre, anunciaram as empresas nesta terça-feira.

Pelo acordo, três aviões começarão a operar dentro da parceria em julho próximo. Outros três entrarão no negócio em 2023. E mais seis jatos da Gol podem ser adicionados até 2025.

Com sua estrutura com aviões triplicando até 2023, passando das três para nove, o Mercado Livre prevê elevar o volume de encomendas transportadas por via aérea de 10 milhões para 40 milhões por ano no Brasil. Não há exclusividade no acordo, o que permite que o Mercado Livre faça parcerias similares, como as que já tem com Azul e Sideral.

Embraer (EMBR3)

A fabricante de aeronaves Embraer disse nesta terça-feira que entregou 14 jatos no primeiro trimestre de 2022, incluindo seis aviões comerciais e oito executivos, e que sua carteira de pedidos firmes totalizava 17,3 bilhões de dólares em 31 de março.

Eletrobras (ELET3;ELET6)

 Parlamentares do Partido dos Trabalhos ingressaram com uma ação popular na Justiça na segunda-feira para tentar impedir a privatização da Eletrobras, processo que entra em fase final de julgamento pelo Tribunal de Contas da União nesta quarta-feira.

A ação, protocolada na 7ª Vara Federal Cível do Distrito Federal, alega problemas na precificação da Eletrobras no processo de desestatização, já que não teriam sido consideradas as reservas de potência das usinas hidrelétricas da estatal. Isso levaria a uma subavaliação de 46 bilhões de reais nos valores da desestatização, diz o partido.

Esse foi um dos questionamentos trazidos pelo ministro do TCU Vital do Rêgo após seu pedido de vistas na primeira etapa de análise da privatização na Corte. Porém o tema foi debatido e superado entre os ministros, que acabaram aprovando em fevereiro o valor de outorga que será cobrado pela renovação das concessões hidrelétricas.

A ação do PT pede o deferimento de uma medida liminar para suspender o trâmite de privatização da Eletrobras, com a suspensão dos efeitos da Resolução CNPE nº 30/2021 e a determinação de novos cálculos para o processo.

Em paralelo, o PT também ingressou com uma ação no TCU pedindo a suspensão do processo da Eletrobras, alegando que o governo não divulgou à sociedade os impactos tarifários advindos da privatização.

O partido afirma que o sigilo dessas informações compromete a resposta técnica de seus parlamentares nas ações que movem contra a privatização da Eletrobras junto ao órgão de controle.

Com Reuters

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas