Ibovespa recua neste início de semana; bolsas dos EUA viram para queda

O principal índice da B3 tem perdas de 0,49% aos 115.608 pontos
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O Ibovespa opera em queda nesta segunda-feira (18), na mesma direção dos índices norte-americanos.

Às 13h00, o principal índice da B3 tinha perdas de 0,49% aos 115.608 pontos.

Em Nova York, os índices iniciaram em alta, mas agora operam com sinais negativos. O S&P 500 tem queda de 0,19%, o Nasdaq cai 0,44%, enquanto o Dow Jones recua 0,31%.

Entre os indicadores do dia, o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) disparou a 2,48% em abril, de 1,18% em março, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira, chamando a atenção para os níveis elevados de disseminação das pressões inflacionárias.

O dado divulgado ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters, de alta de 2,20%, e levou o índice a acumular avanço de 15,65% em 12 meses.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índice geral, acelerou a alta a 2,81%, de 1,44% no mês anterior.

O mercado também acompanha o desenrolar da guerra na Ucrânia. Neste final de semana, fortes explosões atingiram Kiev, capital da Ucrânia, e Lviv, no oeste do país.

Segundo o prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, equipes de resgate e médicos estavam trabalhando no local de uma explosão nos arredores da cidade. Ele aconselhou que moradores que fugiram da cidade no início da guerra não retornem.

No campo corporativo, a Tupy informou ao mercado nesta segunda-feira (18) que comprou 100% dos ativos e negócios da International Indústria Automotiva da América do Sul (MWM do Brasil) da Navistar International por R$ 865 milhões.

Ainda entre as empresas, o Banco Inter (BIDI11) comunicou a retomada do processo de reorganização societária para migrar sua base acionária para a Inter&Co, com listagem dos papéis na Nasdaq, em Nova York.

 Já no Brasil, as negociações seriam apenas a partir de certificados de depósito de valores mobiliários (BDRs).

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Últimas notícias

Matérias relacionadas