IBOV: “Tem que deixar candles positivos para o preço continuar subindo”, diz professor

De acordo com Edu Becker, se o ativo começar a fechar abaixo dos 115.685, IBOV deverá retornar para a região dos 108.200 ou 108.400
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O índice Ibovespa (IBOV) iniciou o dia em queda, com 0,51% operando a 116.181 pontos. O Ibovespa por volta das 12h05, estava operando em queda de 0,34% operando a 115.781,87. O analista técnico e professor da B3, Edu Becker, analisou o gráfico de IBOV, destacando que para o ativo seguir no ritmo de valorização, precisa deixar candles positivos, ultrapassando os 120.950 e 122.000.

O professor recordou que o IBOV sofreu um longo período de queda até dezembro do ano passado, em seguida, o mercado encontrou fundo na região dos 100.650 pontos. “Tentou subir, parou de subir nos 108.400 pontos desceu de novo, deixando um fundo duplo”.

Após este movimento, Becker disse que IBOV desceu e parou na região dos 108.400 pontos que havia sido a linha de pescoço do fundo duplo, e agora rompe esse topo deixado. “Topo que foi testado duas vezes em 16 de fevereiro e 2 de março, rompeu e agora volta para testar”.

No entanto, Becker afirmou que se o ativo começar a fechar abaixo dos 115.685 ou 115.680, ele deverá retornar para a região dos 108.200 ou 108.400. 

Confira o gráfica da análise:

WhatsApp Image 2022 04 15 at 11.21.51

Quer ter mais informações do mercado financeiro? Acompanhe nossa programação ao vivo:

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas