Confira os 10 bancos mais rentáveis do mundo; quatro são brasileiros

De acordo com o estudo, 39 bancos da amostra têm ativos totais acima de US$ 100 bilhões. Os USA lideram a lista com 19 bancos

Segundo levantamento da Economatica, sobre a rentabilidade dos grandes bancos, em 2021 – aqueles com ativos acima de US$ 100 bilhões – entre os dez melhores da lista, quatro são brasileiros. 

O banco americano Capital One lidera a lista com ROE (Rentabilidade sobre o patrimônio) de 20,4%, seguido pelo também americano Ally Financial (com 19,3%) e pelo Santander (SANB11), com 18,9%. Na quarta colocação está o Royal Bank of Canadá (17,3%), seguido pelo Itaú Unibanco (ITUB4), com 17,3%. O JPMorgan está na sexta colocação, sendo o terceiro banco americano da lista (16,9%). Na sequência aparecem Banco do Brasil (BBAS3) e Bradesco (BBDC4), com 15,7% e 15,2%, respectivamente, o canadense Bank Of Nova Scotia (15,1%) e o americano SVB Financial (15,0%). 

De acordo com o estudo, 39 bancos da amostra têm ativos totais acima de US$ 100 bilhões. Os USA lideram a lista com 19 bancos, seguido por Brasil, Canadá e Grã-Bretanha, com quatro bancos cada. O Japão e a Coreia do Sul têm três bancos, a Espanha e a Índia têm dois bancos e outros quatro países possuem uma instituição nesse ranking.

A pesquisa mostra ainda que três dos grandes brancos brasileiros, incluindo Banco do Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco tiveram uma queda expressiva no ROE, enquanto os bancos americanos Capital One, Ally Financial, JPMorgan, SBV Financial e o brasileiro Santander tiveram uma alta expressiva em relação à 2010. É possível observar que a diferença de ROE entre os bancos mais rentáveis e os demais em 2010 era mais distante em termos percentuais, e atualmente passaram a convergir para valores aproximados.

“A rentabilidade mediana no ROE dos quatro bancos brasileiros em dezembro de 2021 foi de 16,5%, com queda de -6,6 pontos percentuais em relação a 2010. Os brasileiros tiveram de 2016 a 2019 uma sequência de crescimento na mediana que foi interrompida pelo resultado de 2020, e apresentam uma recuperação de 4,4 pontos percentuais em relação à rentabilidade mediana de 2020”, diz o estudo.

Ainda segundo o levantamento, a mediana da rentabilidade dos grandes bancos brasileiros sempre foi maior que a dos grandes bancos negociados nos USA, segundo dados do período analisado. Apesar de a distância ter diminuído, os brasileiros seguem mais rentáveis na mediana.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas