Elon Musk desiste de participar do conselho de administração do Twitter

Na última semana, Musk se tornou acionista com maior participação da companhia

O CEO do Twitter, Parag Agrawal informou, no último sábado (9), que Elon Musk não integrará o conselho de administração da companhia.

Em publicação, o CEO do Twitter escreveu, “acredito que foi para o melhor. Nossos acionistas somam e sempre vão somar valor, estando ou não no conselho de administração. Elon é o nosso maior acionista e seguirá aberto a somar valor”, escreveu Agrawal. 

Se Musk assumisse o conselho, ele não poderia se tornar proprietário de mais de 14,9% das ações ordinárias do Twitter, tanto como acionista individual ou como membro de um grupo, enquanto estivesse no conselho. “Ele é um apaixonado e um crítico intenso do serviço, que é exatamente o que precisamos no Twitter e na sala de reuniões para nos tornar mais fortes a longo prazo”, escreveu Parag na última terça-feira (5), quando a indicação de Musk foi anunciada.

No início da última semana, o bilionário adquiriu mais 9% do capital do Twitter e as ações da empresa encerraram o pregão acumulando uma valorização de  27% na Nasdaq naquele dia.

Desde que Musk adquiriu parte da companhia, ele tem feito enquetes em suas redes sociais, em que sugeriu novidades na plataforma, entre elas, uma função de edição para os conteúdos já publicados na plataforma.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas