Ações da China fecham em baixa com preocupações sobre Covid

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,28%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,42%

As ações chinesas fecharam em baixa nesta quinta-feira uma vez que o pior surto de coronavírus desde a onda inicial em 2020 afeta o cenário para o crescimento econômico, apesar de promessas de autoridades de adotarem mais medidas de suporte.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,28%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,42%.

O índice Hang Seng de Hong Kong perdeu 1,23%, e o China Enterprises Index recuou 1,5%.

“Preocupações sobre a tendência de queda da economia são o principal fator que pesa sobre o mercado”, disse Lang Pincheng, gerente geral do departamento de pesquisa da Fortune & Royal Asset. “Enquanto isso, o ressurgimento de surtos de Covid-19 desacelera o ritmo da recuperação econômica.”

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,69%, a 26.888 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,23%, a 21.808 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,42%, a 3.236 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,28%, a 4.209 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,43%, a 2.695 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,96%, a 17.178 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,55%, a 3.404 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,63%, a 7.442 pontos.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas