IGP-DI sobe 2,37% em março, mostra FGV

O IPA, índice de maior expressão na composição do resultado do IGP, recebeu, forte influência dos derivados do petróleo

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 2,37% em março, segundo dados da FGV (Fundação Getulio Vargas) divulgados nesta quarta-feira (6).  Com este resultado, o índice acumula alta de 6,00% no ano e 15,57% em 12 meses.

De acordo com a FGV, o IPA, índice de maior expressão na composição do resultado do IGP, recebeu forte influência dos derivados do petróleo, cujos destaques foram Diesel (2,70% para 16,86%), gasolina (1,71% para 12,69%) e adubos ou fertilizantes (-5,21% para 7,97%). Juntos, estes itens responderam por 30% do resultado do IPA.

Dentre os componentes do indicador, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu 2,80% em março. No mês anterior, o índice havia apresentado alta de 1,94%. 

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) variou 1,35%, contra 0,28% em fevereiro, enquanto o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta de 0,86% no mês passado.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas