PMI composto da zona do euro cai a 54,9 em março, mas fica acima da prévia

Além disso, o indicador acima da marca de 50 indica que a atividade no bloco segue em expansão, ainda que em ritmo mais comedido
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 55,5 em fevereiro para 54,9 em março, segundo pesquisa final divulgada nesta terça-feira, 5, pela S&P Global.

O número final do PMI composto, porém, ficou acima da leitura preliminar de março e da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de 54,5 em ambos os casos.

Além disso, o indicador acima da marca de 50 indica que a atividade no bloco segue em expansão, ainda que em ritmo mais comedido.

Já o PMI de serviços da zona do euro subiu marginalmente no mesmo período, de 55,5 para 55,6, tocando o maior patamar em quatro meses e também superando o cálculo inicial, de 54,8.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas