O que esperar das fintechs e dos bancos tradicionais?

Para o cofundador da Captable, Paulo Deitos, existe no Brasil muita oportunidade de crescimento

As fintechs estão se destacando cada vez mais e colocando em xeque o monopólio dos bancos tradicionais. Durante o evento Fintech Revolution Xperience 2022, Fabio Massuda, diretor de estratégia e investimentos da Movile, comentou sobre a atual das empresas de tecnologia no mercado financeiro.

Na avaliação do especialista, as fintechs surgiram para que os problemas antigos sejam solucionados. Ainda, Fabio usou como exemplo a satisfação dos clientes em relação à resolução de problemas e rapidez no retorno por parte das empresas digitais.

Como case de sucesso, Massuda destacou o Ifood, que dispõe de serviços financeiros para restaurantes parceiros.

Para o cofundador da Captable, Paulo Deitos, existe no Brasil muita oportunidade de crescimento. Além disso, durante o painel “O investimento em fintechs e como os serviços financeiros dominaram os mais diversos setores”, Deitos pontuou que as fintechs estão relacionadas ao crédito. E dentre os caminhos das fintechs, após o credito vem o investimento e câmbio, usando como exemplo os bancos digitais.

Ainda na palestra, Deitos destacou que no mundo inteiro, o processo se dá em regulação e depois surge a inovação. No cenário das fintechs o caminho é inverso e por isso elas se sobressaem perante as outras.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas