“É estratégica e permite ligação direta com a Crimeia”, diz o professor sobre a ocupação de Mariupol

O professor de relações internacionais afirmou que a ocupação pode ser um passo essencial para as demandas do presidente russo
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O Exército da Rússia deu um ultimato, nesta segunda-feira (4), às forças da Ucrânia que seguem lutando pela defesa da cidade portuária de Mariupol, protagonista do cenário de intensos combates desde o início da do conflito entre Rússia e Ucrânia.

O professor de relações internacionais da FAAP, Vinícius Vieira, afirmou que a ocupação à Mariupol é uma questão estratégica por parte do presidente russo, porque com a tomada da região, permitiria uma ligação direta com a Crimeia.

Em participação na programação da BM&C, Vieira destacou que os objetivos de Putin não estão claros, e ele diz que não quer incorporar esses territórios à Rússia. “Putin diz que quer reconhecer no Donbass um estado independente”.

“Mariupol pode ser um passo essencial para a efetivação dessa demanda de Putin”, finalizou o professor de relações internacionais.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas