“A ideia é que o Moro fique de fora desse panorama”, diz correspondente de Brasília

A jornalista afirmou que a transição de partido de Sergio Moro faz parte de um jogo político

A jornalista Kelly Hekally, correspondente de Brasília, ao analisar a possível terceira via para as eleições de 2022, destacou que Sergio Moro deve ficar de fora, embora faça parte do União Brasil. “A ideia é que o Moro fique de fora desse panorama”, disse

Em participação no BM&C News, Kelly recordou a transição de partido de Moro, que saiu do Podemos para o União Brasil, logo, a jornalista disse que essa movimentação faz parte de um jogo que está sendo encabeçado pelo próprio União Brasil.

Além disso, a jornalista afirmou que estão ensaiando uma costura entre o União Brasil e o MDB, e também com PSDB, que vai formar uma federação com o Cidadania para que haja um novo nome.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas