Polícia mira golpes da Alpha Consultoria, que prometia rendimentos de 30% em criptomoedas

A Alpha Consultoria está na mira da Polícia Civil do Rio de Janeiro, que iniciou nesta segunda-feira (4) a Operação Aryan, contra os sócios da Alpha Consultoria, suspeitos de pirâmide financeira e de lesar pelo menos 2 mil pessoal em todo o Brasil. As informações são do portal G1.

A empresa intermediava investimentos em criptomoedas e prometia rendimentos de até 30% ao mês a clientes. Com isso, segundo as investigações, os golpistas movimentaram R$ 200 milhões em poucos meses em suas contas particulares.

A Alpha Consultoria em Tecnologia da Informação LTD, aberta em fevereiro de 2021, começou a atrasar o pagamento dos clientes dois meses depois. Ela alegou que uma grande exchange tinha bloqueado as contas da empresa.

No entanto, segundo apurou o veículo, a 76ª DP descobriu que essa exchange jamais congelou os aportes e até havia valores para saque.

“Sadraqui possui 30 anotações criminais por estelionato, organização criminosa, associação criminosa, lavagem de dinheiro e crimes contra a economia popular. Nathan possui 24 anotações pelos mesmos crimes. Eles nunca haviam sido presos”, informa o G1.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas