PETR3; PETR4: “O melhor seria que a empresa saísse do controle de estado”, diz especialista

Leandro Ruschel destacou que o preço da Petrobras sempre teve uma influência política

O sócio-fundador da Liberta Investimentos, Leandro Ruschel, ao analisar os últimos acontecimentos da Petrobras (PETR3; PETR4), destacou que no seu ponto de vista o melhor seria que a empresa saísse do controle de estado.

Nesse sentido, Ruschel afirmou que o preço da Petrobras sempre teve uma influência política, e na sua visão, qualquer pessoa que entrar, não conseguirá efetivamente fazer grandes controles de preço. “Essas pressões vão continuar porque faz parte da natureza da empresa”, disse.

Em participação no BM&C News, Ruschel ressaltou que quando o barril estava superior a U$S 100 se encontrou reservas do pré sal, ao invés do governo efetivamente abrir esse mercado e permitir um boom de exploração. “Resolveu mudar o marco regulatório do setor atrasando a exploração do pré-sal”. 

“Nós poderíamos estar em uma posição muito melhor hoje, se não tivesse acontecido esse movimento que na minha opinião foi mais nocivo do que o próprio saque”, finalizou Ruschel.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas