Adriano Pires desiste de ocupar cargo de presidente da Petrobras

O principal motivo que fez com que Pires desistisse de comandar o Conselho de Administração da petroleira foi conflito de interesses

Adriano Pires, fundador do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), que teria sido indicado para ocupar presidência da Petrobras (PETR3;PETR4) para substituir o general Joaquim da Silva e Luna, desistiu do cargo. A informação foi dada no Palácio do Planalto na manhã desta segunda-feira (4), de acordo com o jornal O Globo.

A indicação aconteceu após o presidente da República, Jair Bolsonaro, fazer críticas em relação à alta nos preços de combustíveis.

Assim como Rodolfo Landim, o principal motivo que fez com que Pires desistisse de comandar o Conselho de Administração da petroleira foi conflito de interesses.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas