Professor de economia avalia se com o lockdown na China corremos risco inflacionário maior

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O professor de economia da UFPE, Ecio Costa, destacou inicialmente que hoje a China representa o maior parceiro comercial da maioria dos países. “A hegemonia americana mudou ao longo dos anos, houve uma migração do comércio mundial dos Estados Unidos para a China”.

Além disso, Costa afirmou que a China representa o fornecimento de muitos insumos de diversos setores produtivos, e ainda, é muito difícil obter informações oficiais da China.

Em participação ao BM&C News, o professor de economia afirmou que depende da gravidade da variante que está em surto na China. “Se a variante for menos perigosa, talvez isso não traga impactos negativos, mas se elas forem mais letais, aí sim teremos problemas com a inflação”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas