MEAL3: “Empresa está queimando caixa”, diz investidor profissional sobre resultados

No entanto, o especialista disse que se levar em consideração a estrutura para a composição de custos, que é o Custo da Mercadoria Vendida (CMV), aumentou quase 10%

A IMC (MEAL3), dona do Frango Assado, KFC e Pizza Hut, apresentou prejuízo líquido de R$ 41,7 milhões no quarto trimestre de 2021, o que representa um crescimento de 5,4% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Para Anderson Kawamoto, investidor profissional, a inflação no preço do trigo e da proteína têm impactado a performance da companhia. “A gente não vê esse alívio ainda nas margens, nos custos dessas operações, então a gente pode assumir que a empresa está queimando caixa”, disse à BM&C News.

Kawamoto pontou ainda que a operação americana teve um benefício do dólar alto no período e o ápice da sazonalidade, que é no meio do ano.

“O que a gente tem visto é que a empresa mesmo continuando seu processo de expansão, abrindo novas lojas, a própria inflação trouxe a venda nominal para cima”, avaliou.

No entanto, o especialista disse que se levar em consideração a estrutura para a composição de custos, que é o Custo da Mercadoria Vendida (CMV), aumentou quase 10%.

“A base comparativa mais interessante seria ainda com 2019 e a gente vai ver que não vai ter muito crescimento”, ressaltou.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas