Cliente resgata R$ 1,65 milhão esquecido em consórcio, diz diretor do Banco Central

"Graças ao sistema Valores a Receber, ela recuperou esse dinheiro", disse Maurício Mouro na terça-feira (29)

O diretor de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta do Banco Central, Maurício Moura, afirmou que um cliente tinha R$ 1,65 milhão esquecido em um consórcio. A pessoa conseguiu descobrir o montante por conta do sistema de Valores a Receber, do BC.

“A maioria dos recursos, obviamente, são valores muito pequenos, já que pouca gente esquece muito dinheiro em uma conta bancária. Porém, o maior valor sacado, nas três primeiras semanas, que foi o primeiro período de saque, foi de R$ 1,65 milhão por uma pessoa física”, disse ele em um evento de gestão pública na terça-feira (29), em Curitiba.

Segundo ele, a pessoa esqueceu, ou nem sabia, que tinha o valor em seu nome: “Graças ao sistema Valores a Receber, ela recuperou esse dinheiro. Era uma série de cotas de consórcio que havia acabado, a pessoa não foi lá para ver como os grupos tinham acabado e tinha esse valor considerável. Imagino que tenha ficado bastante feliz”.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas