“Acordo de ontem foi maior avanço na negociação até o momento”, diz professor de geopolítica sobre conflito

O professor de geopolitica destacou que deve haver uma neutralidade por parte da Ucrânia para o avanço das negociações

O professor de geopolítica da UNEMAT, Vinicius Teixeira, destacou que desde o início do conflito, entre todas as tentativas de negociações, a desta terça-feira (29) obteve um maior avanço. 

Em participação no BM&C News, Teixeira afirmou que o principal ponto para a negociação efetiva é a Ucrânia reconhecer a neutralidade. “É essencial para que o acordo avance, e para que no futuro haja um movimento de paz na Europa”.

O professor de geopolítica ainda destacou que a possibilidade de divisão da Ucrânia em duas regiões levaria as sanções a outro patamar e colocaria a região no mundo como uma possibilidade de conflito inconstante. 

Por fim, Teixeira afirmou que tendo um avanço nas negociações, com a neutralidade da Ucrânia sendo discutida, talvez uma delegação com países da Europa e China poderiam ser os fiadores dessa posição de neutralidade.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas