“O posicionamento brasileiro vai contra as tradições brasileiras”, diz professora sobre a neutralidade em relação à guerra

A professora afirmou que o governo Bolsonaro se colocou em uma encruzilhada, com a visita ao presidente russo

A professora de Relações Internacionais, Graziela Vital, analisou o comportamento de neutralidade que o governo Bolsonaro adotou em relação à invasão da Rússia na Ucrânia.

Em primeiro lugar, a professora explicou que o governo Bolsonaro se colocou em uma encruzilhada, porque um pouco antes da invasão, o presidente fez uma visita inoportuna ao Vladimir Putin. “Inclusive se expressou verbalmente em que ele se solidarizou ao presidente russo”.

Portanto, Graziela afirmou que isso colocou a diplomacia brasileira em uma posição que ela não adota tradicionalmente. Logo, a diplomacia brasileira tentou amenizar um erro que já havia sido cometido, que foi a visita de Bolsonaro a Putin.

“O posicionamento brasileiro vai contra as tradições brasileiras”, disse Graziela, destacando que historicamente a postura do Brasil seria se colocar claramente contra a Rússia e a guerra.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas