Na Alemanha, índice IFO de sentimento das empresas cai a 90,8 em março

O resultado deste mês ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda do indicador a 93,5 pontos

O índice de sentimento das empresas da Alemanha caiu de 98,5 pontos em fevereiro para 90,8 pontos em março, atingindo o menor nível em 14 meses, à medida que o salto dos preços de energia e incertezas ligadas à guerra na Ucrânia prejudicaram a confiança, segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo instituto alemão IFO. O dado de fevereiro foi revisado para baixo, de 98,9 pontos originalmente.

O resultado deste mês ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda do indicador a 93,5 pontos.

O chamado subíndice de expectativas econômicas do IFO diminuiu de 98,4 pontos em fevereiro para 85,1 pontos em março. No mesmo período, o subíndice de condições atuais recuou de 98,6 pontos a 97 pontos.

A pesquisa mensal do IFO envolve cerca de nove mil empresas dos setores de manufatura, serviços, comércio e construção.

Compartilhe:

Matérias relacionadas