Elevação de juros não resolve alta das commodities, mas resolve outros derivados da inflação, afirma analista

Além disso, Gustavo destacou na conversa que acredita que o dólar irá cair ainda mais: "Minha projeção ainda é R$4,50", disse

O dólar caía pela oitava sessão seguida frente ao real nesta sexta-feira (25), a caminho de registrar sua quarta desvalorização semanal seguida -e a décima no ano- em meio ao constante fluxo de investimentos estrangeiros para o Brasil, que oferece uma taxa de juros atraente.

O analista Gustavo Almeida disse que o aumento dos juros não resolve o problema da elevação de preço das commodities, mas resolve outros problemas que são derivados da inflação.

“Eu acredito sim que em algum momento vai ter um beneficio positivo, mas também vai ter um impacto negativo, e quanto mais tempo demorar para resolver mais forte serão os impactos negativos”, avaliou o especialista à BM&C News.

Além disso, Gustavo destacou na conversa que acredita que o dólar irá cair ainda mais: “Minha projeção ainda é R$4,50”, disse.

Na explicação, o especialista disse que a operação de cash & carry faz com que o câmbio se desvalorize. Com isso, o impacto da elevação do preço da commodity em dólar é de certa forma reduzido.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas