“O sentimento é que não vai acontecer uma escalada por parte dos EUA”, diz analista sobre reunião

O analista afirmou que o conflito não está perto de chegar ao fim

A guerra na Ucrânia completa um mês nesta quinta-feira (24), dia em que acontecem três reuniões de lideranças do Ocidente para discutir as medidas contra o conflito, em Bruxelas, na Bélgica.

Entre os participantes que marcarão presença estão Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, líderes do G7 (fórum diplomático com Alemanha, Canadá, EUA, França, Itália, Japão e Reino Unido) e da União Europeia (UE), que devem anunciar o aumento das sanções econômicas.

O analista Gustavo Almeida destacou que não deve acontecer um avanço bélico, principalmente por parte dos Estados Unidos. “O sentimento é que não vai acontecer uma escalada por parte dos EUA”.

Isso porque um avanço dos EUA causaria uma terceira guerra mundial e as consequências seriam muito graves, explicou o analista.

Em relação ao conflito, o analista afirmou que a guerra na Ucrânia ainda deve se estender por um tempo. “Ao meu ver o conflito não está perto do fim”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas