Braskem (BRKM5) anuncia joint venture com asiática Sojitz Corporation

A Braskem lembra que, em 2020, anunciou a primeira produção de MEG renovável em escala de demonstração

A Braskem (BRKM5) informou que assinou contrato de cooperação com a Sojitz Corporation, distribuidora de químicos e polímeros com forte presença no mercado asiático, para constituição de joint venture (JV) para a produção e comercialização de bio-MEG (monoetilenoglicol) e bio-MPG (monopropileno glicol), sujeita à aprovação dos órgãos concorrenciais competentes.

Adicionalmente, informou, o plano de negócios da joint venture prevê na primeira fase investimentos a implementação de três plantas industriais, condicionados à conclusão do desenvolvimento da tecnologia.

A empresa destaca que a tecnologia a ser desenvolvida pela joint venture, contará com o apoio e a expertise da dinamarquesa Haldor Topsoe que, desde 2019, colocou em produção uma unidade de demonstração com o objetivo de validar as principais etapas da tecnologia pioneira que transforma matérias-primas renováveis, como dextrose* ou sacarose*, em bio-MEG.

A companhia lembra que, em 2020, anunciou a primeira produção de MEG renovável em escala de demonstração.

“A parceria entre Braskem e Sojitz está alinhada aos seguintes objetivos da Braskem: neutralidade de carbono até 2050; diversificação geográfica e industrial; reforço da liderança global em biopolímeros para atender às necessidades dos clientes; e desenvolvimento de soluções sustentáveis em Economia Circular”, afirma a empresa em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas