Tailândia vai proibir uso de ativos digitais como meio de pagamento a partir de abril

Os operadores que fornecem esses serviços devem cumprir as novas regras dentro de 30 dias a partir da data de vigência, disse a SEC
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

 A Tailândia vai proibir que ativos digitais sejam usados ​​em pagamentos por bens e serviços a partir de 1º de abril, disse o regulador do mercado do país nesta quarta-feira.

A decisão vai de acordo com as discussões anteriores entre o órgão regulador dos mercados no país (SEC) e o banco central da Tailândia sobre a necessidade de regulação da atividade por operadores de negócios de ativos digitais. A avaliação é que o uso de criptomoedas como meio de pagamento poderia afetar a estabilidade financeira e a economia geral do país, disse a SEC em comunicado.

Os operadores que fornecem esses serviços devem cumprir as novas regras dentro de 30 dias a partir da data de vigência, disse a SEC.

O BC tailandês disse em várias ocasiões não apoia o uso de criptomoedas como forma de pagamento.

Em janeiro, o regulador dos mercados na Indonésia também alertou as empresas financeiras para não oferecerem e facilitarem vendas por meio de criptomoedas, em meio à explosão de seu uso.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas