Lucro da PagSeguro cai 19,8% no 4º tri de 2021 e atinge R$ 301,3 mi

A receita total da PagSeguro no período foi de R$ 3,23 bilhões, crescimento de 55% em relação ao mesmo período de 2020

A PagSeguro (PAGS34), empresa de maquininhas de cartões, registrou lucro líquido de R$ 301,3 milhões no quarto trimestre de 2021, queda de 19,8% em relação ao mesmo período do ano passado. A redução reflete os custos com benefícios em ações aos funcionários e despesas com fusões e aquisições, de acordo com resultados informados nesta terça-feira. No acumulado do ano, o ganho líquido somou R$ 1,166 bilhão, queda de 9,8%.

O volume de transações (TPV, na sigla em inglês) capturadas pelas maquininhas e sistemas da PagSeguro ficou em R$ 147,1 bilhões no quarto trimestre, um salto de 76,4% na base anual de comparação. Em 2021, esse volume somou R$ 456,2 bilhões, aumento de 97%.

As operações processadas pelo PagBank, banco digital da empresa, somaram R$ 68,2 bilhões, aumento de 142% no quarto trimestre, e passaram a representar 46% do total processado pela companhia. No PagBank, o número de usuários chegou a 13,1 milhões ao final de 2021, expansão de 0,9%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), considerando o indicador ajustado da empresa de cartões, foi de R$ 750,7 milhões no quarto trimestre, aumento de 3,4% no comparativo anual.

A receita total da PagSeguro no período foi de R$ 3,23 bilhões, crescimento de 55% em relação ao mesmo período de 2020, puxado pelo aumento de transações nas maquininhas da empresa. A PagSeguro fechou 2021 com um total de 7,7 milhões de lojistas.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas