Ata do Copom, balanços corporativos e o que move o mercado hoje

No Brasil, a divulgação dos balanços corporativos continuam a todo vapor, com Copel, Positivo e Vibra Energia entre os destaques

As Bolsas mundiais operam em alta na manhã desta terça-feira (22). Nos Estados Unidos, os índices futuros apresentam ganhos, com investidores monitorando a reação do mercado aos comentários do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, prometendo uma ação dura contra a inflação.

“O mercado de trabalho está muito forte e a inflação, muito alta”, afirmou Powell em comentários preparados para uma conferência da Associação Nacional de Economia Empresarial.

Lá na Ásia, o cenário também foi positivo. O índice de Hong Kong liderou a alta, após um avanço importante do papel do Alibaba, que expandiu seu programa de recompra de ações e, com isso, subiu +11,2%.

O índice Hang Seng subiu +3,15%. Em Tóquio, o Nikkei avançou +1,48% e, em Seul, o Kospi subiu +0,89%. Em Taiwan, o Taiex ficou estável. Na China, o Xangai aumentou +0,19% e o Shenzhen, na contramão, perdeu -0,41%.

Investidores da região asiática também digeriram comentários do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell, que na segunda-feira sinalizou estar disposto a apertar a política monetária em ritmo mais rápido para conter pressões inflacionárias, e seguem atentos a desdobramentos da guerra russo-ucraniana.

BRASIL

No cenário doméstico, o mercado aguarda a divulgação da Ata do Copom, que deve sinalizar até quando o Banco Central continuará subindo os juros.

Nesta manhã, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, participa da abertura do evento do Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas, às 9h30 (horário de Brasília).

Ainda por aqui, a divulgação dos balanços corporativos continuam a todo vapor, com Copel, Positivo e Vibra Energia entre os destaques.

RADAR CORPORATIVO

Suzano e Klabin comunicaram clientes em todos os mercados em que atuam sobre aumentos de preços de celulose para entre o fim deste mês e início de abril, ampliando movimentos sequenciais de alta em marcha desde o final de 2021.

JBS (JBSS3) reportou lucro líquido de R$ 6,5 bilhões no quarto trimestre de 2021, alta de 61% sobre o mesmo período de 2020, informou a companhia, nesta segunda-feira (21). 

E o BTG Pactual está otimista com o processo de privatização da Eletrobras, que deve avançar mesmo que acabe ficando para outra janela de mercado, segundo relatório do banco publicado nesta segunda-feira.

(Com BDM Online, Estadão Conteúdo e Reuters)

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas