Ibovespa fecha em alta chegando aos 116 mil pontos

Durante a sessão, o Ibovespa foi impulsionado pelo desempenho positivo das companhias relacionadas às commodities
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O Ibovespa encerrou as negociações desta segunda-feira (21) em alta, na contramão dos indicadores de Wall Street. Durante a sessão, a bolsa brasileira foi impulsionada pelo desempenho positivo das companhias relacionadas às commodities.

Entre as notícias do dia, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse nesta segunda-feira que é necessário haver mais progresso nas negociações de paz da Rússia com a Ucrânia antes que um encontro entre os presidentes russo, Vladimir Putin, e ucraniano, Volodymyr Zelensky, possa ocorrer.

 “Para se falar sobre uma reunião dos dois presidentes, primeiro é necessário fazer a lição de casa, é necessário ter conversas e chegar a um acordo sobre os resultados”, afirmou Peskov.

Peskov acrescentou que “por enquanto, nenhum movimento significativo foi atingido” nas conversas e que não há quaisquer acordos com os quais eles (os presidentes) poderiam se comprometer” numa eventual reunião.

Lá fora, a sinalização de aumentos mais agressivos na taxa de juros dos Estados Unidos fez com que o mercado norte-americano reagisse de forma mais cautelosa e operasse no vermelho ao longo do dia. Além disso, as tensões no leste europeu seguem no radar.

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, fechou em alta de +0,73%, cotado a 116.154,53 pontos.

dólar comercial fechou em queda de -1,42%, cotado a R$ 4,944

Nos Estados Unidos, as bolsas fecharam em alta. O S&P 500 fechou em desvalorização de -0,04% (4.461,18), o Nasdaq registrou queda de -0,40% (13.838,46), enquanto o Dow Jones encerrou o dia descendo em -0,58% (34.552,99).

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas