Barril de petróleo: “se perdurar o conflito, o problema ficará mais sério”, diz economista

Otto Nogami afirmou que afetará sobretudo, os custos de produção

Desde a última terça-feira (15), os preços do barril de petróleo acumularam uma queda de mais de 6%, menor nível em quase três semanas. 

O economista e professor do Insper, Otto Nogami, explicou que aparentemente isso está acontecendo pelo fato de alguns países estarem liberando suas reservas de petróleo. “Alguns países estão colocando suas reservas no mercado”, afirmou.

“Se perdurar esse conflito, teremos um problema mais sério, não só no barril de petróleo e seus derivados, mas também afeta diretamente os custos de produção”, explicou o professor da Insper.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas