Por que a Rússia vendeu o Alasca para os Estados Unidos? 

Na época, a região era uma imensidão isolada que parecia não ter muita utilidade econômica

Você sabia que o Alasca já pertenceu a Rússia? O estado foi vendido aos Estados Unidos em 1867, em meio a um período de crise na Rússia, já que na segunda metade do século XIX, o império russo enfrentava graves problemas financeiros.  

Para fugir de confrontos e de perdas territoriais, o imperador da Rússia decidiu que seria melhor vender o Alasca aos Estados Unidos. Na época, a região era uma imensidão isolada que parecia não ter muita utilidade econômica. Após negociações, a Rússia decidiu vender o Alasca para os Estados Unidos por US$ 7 milhões.  

Anos depois, os Estados Unidos descobriram um enorme depósito de recursos naturais no Alasca, principalmente muito ouro. Além disso, em meados do século XX, petroleiras encontraram enormes reservas no norte do estado que, desde então, tem sido exploradas de maneira intensa e rendem milhares de dólares aos Estados Unidos. 

Quer saber mais sobre essa negociação entre Rússia e Estados Unidos? Assista ao vídeo exclusivo da BM&C News abaixo:  

Compartilhe:

Matérias relacionadas