brMalls tomará medidas para proteger acionistas de conflito de interesse por avanço da Aliansce

Acredito que a administração da Aliansce é séria e isso iria contra tudo o que eles pregam de ESG", disse o presidente-executivo da brMalls

A brMalls vai defender seus acionistas de um eventual conflito de interesse caso a rival Aliansce Sonae promova uma estratégia de se tornar investidora ativista da empresa, afirmou o presidente da gestora de shopping centers, nesta sexta-feira (18).

“Acredito que a administração da Aliansce é séria e isso iria contra tudo o que eles pregam de ESG”, disse o presidente-executivo da brMalls, Ruy Kameyama. Ele participou de conferência de resultados com analistas, após a companhia rejeitar na véspera uma oferta melhorada de “aquisição”, como classificaram os executivos da brMalls, pela Aliansce.

“Sem dúvida, vai trazer muito conflito de interesse e perda de tempo para todos…Se avançarem nesta direção, vamos tomar todas as medidas cabíveis para proteger os acionistas minoritários”, disse Kameyama.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas