IGP-10 sobe 1,18% em março, mostra FGV

De acordo com a FGV, o reajuste dos combustíveis não influenciou o comportamento desta edição

Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) subiu 1,18% em março, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (16) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Com esse resultado, o índice acumula alta de 5,02% no ano e de 14,63% em 12 meses.

De acordo com a FGV, o reajuste dos combustíveis não influenciou o comportamento desta edição do IGP-10, cujo período de coleta foi encerrado no dia 10/03/2022.

“As principais fontes de pressão no IPA foram soja (7,32% para 8,75%), cuja cotação segue em elevação e, ovos (-0,12% para 20,62%), refletindo os efeitos sazonais próprios dessa época do ano ”, afirma André Braz, Coordenador dos Índices de Preços.

Dentre os componentes do IGP-10, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu 1,44% em março. No mês anterior, o índice havia registrado taxa de 2,51%. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) variou 0,47% e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta de  0,34%.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas