Vendas da CVC crescem no 4º tri, mas não evitam prejuízo

O Ebitda ajustado da CVC foi de 8,9 milhões de reais, ante resultado negativo de 112,6 milhões de reais um ano antes

A CVC (CVCB3) quase dobrou as vendas no quarto trimestre, uma vez que a flexibilização das medidas de isolamento social tomadas durante a pandemia ampliaram a busca por viagens, mas isso não livrou a empresa de fechar o período no vermelho.

A companhia de viagens anunciou nesta terça-feira que teve prejuízo líquido de 145,8 milhões de reais entre outubro e dezembro. Um ano antes, a CVC tivera lucro de 392,5 milhões de reais, favorecida por efeitos extraordinários.

A receita líquida da companhia cresceu 92,9% no trimestre sobre mesma etapa de 2020, para 314 milhões de reais, em virtude principalmente, do maior ticket médio em viagens domésticas.

Na outra ponta, as despesas com vendas aumentaram em 46,3% ano a ano. E as despesas gerais e administrativas subiram 8,6%. Além disso, as despesas financeiras tiveram redução de 53%, com impacto positivo de variação cambial.

O resultado operacional medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 8,9 milhões de reais, ante resultado negativo de 112,6 milhões de reais um ano antes.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas