Superintendência do Cade recomenda aprovação de venda de ativos da Sanofi para Hypera

Em novembro, a Hypera informou a venda para o laboratório Eurofarma de portfólio de produtos farmacêuticos na Côlombia e México por 51,6 milhões de dólares

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou a aprovação, sem restrições, da venda de parte dos ativos da Sanofi na América Latina pela Hypera (HYPE3), segundo despacho no Diário Oficial da União, nesta segunda-feira (14).

Em dezembro, a superintendência havia declarado o negócio “complexo” e solicitado mais informações para as partes, dadas as potenciais concentrações elevadas em categorias como laxantes, estimulantes e descongestionantes nasais de venda sob prescrição médica.

A transação, anunciada em julho de 2021, envolve a aquisição de marcas de medicamentos isentos de prescrição e de prescrição no Brasil, México e Colômbia por 190,3 milhões de dólares. Entre os produtos estão o analgésico AAS, o fitoterápico Naturetti e o antisséptico Cepacol.

Em novembro, a Hypera informou a venda para o laboratório Eurofarma de portfólio de produtos farmacêuticos na Côlombia e México por 51,6 milhões de dólares.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas