Casos de Covid-19 afetam perspectivas e ações da China caem com força

"Acho que os surtos impõem riscos negativos para a economia da China, ao menos nos próximos meses", disse Zhiwei Zhang, economista-chefe do Pinpoint Asset Management

As ações chinesas caíram com força nesta segunda-feira uma vez que o salto nos casos de Covid-19 afeta ainda mais as perspectivas econômicas, enquanto preocupações com regulações e riscos de deslistagens pelos Estados Unidos levaram as gigantes de tecnologia listadas em Hong Kong a nova mínima.

A rápida disseminação do vírus na China está ampliando as preocupações dos investidores com a desaceleração do crescimento, amplificadas nesta segunda-feira por dados mostrando que os novos empréstimos bancários caíram mais do que o esperado em fevereiro.

“Acho que os surtos impõem riscos negativos para a economia da China, ao menos nos próximos meses”, disse Zhiwei Zhang, economista-chefe do Pinpoint Asset Management.

O índice de turismo do CSI despencou 6,3%, com temores dos investidores sobre medidas de controle. Isso levou a uma queda do índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, de 3,06%, enquanto o índice de Xangai teve perde de 2,6% –maior queda diária do índice desde 24 de julho de 2020.

As quedas foram exacerbadas por fortes vendas de investidores estrangeiros através do programa Stock Connect da China. Dados da Refinitiv mostram que a saída de fluxo totalizou 11,04 bilhões de iuanes (1,74 bilhão de dólares) no dia.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,58%, a 25.307 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 4,97%, a 19.531 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 2,60%, a 3.223 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 3,06%, a 4.174 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,59%, a 2.645 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,01%, a 17.263 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,54%, a 3.232 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,21%, a 7.149 pontos.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas