Rússia amplia ação no oeste da Ucrânia com ataque a base militar perto da Polônia

Os ucranianos afirmaram que mais de 30 mísseis de cruzeiro foram disparados na base, 30 quilômetros a noroeste do polo regional de Lviv, deixando pelo menos nove mortos e 57 feridos

A Rússia tem ampliado ataques no oeste da Ucrânia, ao atacar neste domingo uma base militar na qual tropas locais haviam treinado com forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), o que leva o conflito para mais perto da Polônia e de outros membros do bloco. Os ucranianos afirmaram que mais de 30 mísseis de cruzeiro foram disparados na base, 30 quilômetros a noroeste do polo regional de Lviv, deixando pelo menos nove mortos e 57 feridos.

Um dia antes, um graduado diplomata russo havia advertido que os Estados Unidos haviam considerado que embarques estrangeiros de equipamento militar para a Ucrânia seriam “alvos legítimos”.

O ataque ocorre um dia após a Rússia bombardear cidades pela Ucrânia, entre elas Mariupol, ao sul, e as proximidades da capital, Kiev. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, acusou Moscou de tentar criar novas “pseudorrepúblicas”, a fim de desmembrar seu país. Enquanto isso, tropas russas se reuniam para preparar um ataque a Kiev.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas