PCAR3; ASAI3: Com alta dos preços dos alimentos, qual melhor empresa para investir? consultor de investimentos avalia

Thiago destacou que o atacarejo será beneficiados em razão do aumento de preços dos alimentos

Com a alta dos alimentos e o cenário inflacionário, muitos consumidores trocaram o supermercado tradicional – Pão de Açúcar (PCAR3) -, pelo atacarejo – Assaí (ASAI3). Nesta sexta-feira (11), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 1,01% em fevereiro, após alta de 0,54% no mês anterior, conforme divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os maiores impactados vieram de educação e alimentação.

“Hoje em dia eu estou posicionado em Pão de Açúcar (PCAR3) e não estou no Assaí (ASAI3) e Atacadão, embora ache que existem boas alternativas de investimentos, são boas companhias, crescem bastante, estão apresentando bons resultados e têm o macro um pouquinho menos pior do que o Pão de Açúcar”, disse o investidor profissional e consultor de investimentos, Thiago Ribeiro, à BM&C News.

O especialista explicou que o consumidor, ao invés de buscar conveniência no mercado de bairro, procura o atacarejo, famoso cash and carry, que é o Atacadão e o Assaí. “Então certamente esse lugares com o preço mais barato começam a tomar o olhar do comprador para tentar economizar um pouquinho na cesta de consumo”, avaliou.

Thiago destacou ainda que o atacarejo será beneficiados em razão do aumento de preços dos alimentos e que o Pão de Açúcar irá sofrer com isso, mas que o foco do Pão de Açúcar está mais em conveniência.

“No mundo, o varejo alimentar caminha muito para conveniência, isso é uma tendência estrutural”, completou.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas