Ucrânia e Rússia concordam em trabalhar com AIEA por segurança nuclear

Grossi ressaltou a atuação da AIEA nesse contexto para evitar qualquer acidente nuclear e também garantir a não proliferação nuclear

Diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mariano Grossi afirmou nesta quinta-feira, 10, que os governos de Ucrânia e Rússia concordaram em trabalhar com a entidade a fim de melhorar a segurança nas usinas nucleares ucranianas. Durante entrevista coletiva, Grossi disse que a AIEA “monitora de perto” a situação nessas usinas, mas admitiu que houve uma interrupção nas comunicações entre a entidade e a usina de Chernobyl.

Grossi ressaltou a atuação da AIEA nesse contexto para evitar qualquer acidente nuclear e também garantir a não proliferação nuclear. Segundo ele, os governos dos dois países “concordaram em trabalhar conosco” nessas questões e há “grande chance” de uma reunião em breve sobre o tema. Grossi comentou que ainda está sendo avaliado o melhor formato para esse possível encontro.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas