Ibovespa recua com inflação nos EUA

Após anúncio de novo valor reajustado, A empresa ganha destaque no pregão desta quinta-feira (10)

 O principal índice da bolsa brasileira opera em queda, nesta quinta-feira (10), diante da queda dos futuros de ações nos Estados Unidos após dado de inflação do país, enquanto negociações entre representantes de Ucrânia e Rússia não tiveram resultados animadores.

No cenário doméstico, o mercado reage a dados macroeconômicos. As ações de Petrobras sobem mais de 2%, após companhia anunciar forte elevação nos preços de combustíveis e em meio à alta do petróleo.

Às 15h15, o Ibovespa caía 1,04%, a 112.718 pontos.

Reajuste

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira que elevará os preços do diesel em cerca de 25% em suas refinarias, enquanto os valores da gasolina deverão subir quase 19%, na esteira dos ganhos nas cotações do petróleo no mercado internacional em função da guerra na Ucrânia.

A Petrobras afirmou que aumentará o preço do diesel para 4,51 reais o litro, ante 3,61 reais o litro. No caso da gasolina, o valor passará a 3,86 reais o litro, ante 3,25 reais, ambos vigorando a partir de sexta-feira.

A empresa afirmou ainda que o preço médio de venda do GLP (gás de cozinha) para as distribuidoras passará de 3,86 reais para 4,48 reais por kg.

Inflação nos Estados Unidos

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,8% em fevereiro na comparação com dezembro de 20211, ante variação de 0,6% registrados em janeiro, conforme mostram dados do Departamento do Trabalho nesta quinta-feira (10). Nos últimos 12 meses, a inflação no país chegou a 7,9%, o maior patamar desde julho de 1981.

Em relatório separado, o Departamento do Trabalho informou ainda que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego aumentaram em 11 mil, para 227 mil em dado ajustado sazonalmente, na semana encerrada em 5 de março.

Com Reuters

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas