BCE ficará mais cauteloso com a política monetária e alerta para ‘estagflação’

Com a guerra na Ucrânia, o mundo financeiro mudou drasticamente

O Banco Central Europeu (BCE) estará mais cauteloso em sua reunião de política monetária esta semana, devido ao impacto da guerra da Rússia contra a Ucrânia, que atrapalha muitos dos planos. As informações são da CNBC.

A reunião, que termina nesta quinta-feira (10), ocorre duas semanas após o presidente russo, Vladimir Putin, iniciar o ataque ao país. Com a guerra, o mundo financeiro mudou drasticamente. Os preços do petróleo e do gás subiram e as ações bancárias europeias perderam cada vez mais os ganhos do ano passado.

“Em poucas palavras, a situação é extremamente imprevisível. Mas uma coisa é certa, a inflação será ainda mais alta e o crescimento será impactado por problemas de oferta e altos preços das commodities. Neste contexto, o BCE deverá manter-se e optar por uma abordagem de esperar para ver”, informa o veículo.

Dirk Schumacher, observador do BCE na Natixis disse, em uma recente nota de pesquisa para clientes, que “como ainda é incerto nesta fase quão significativo será esse choque ‘estagflacionário’, esperamos que o BCE opte por esperar para ver a posição na reunião de março”.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas