Bitcoin sobe após decisão de Biden sobre ativos digitais

Os mineradores de criptomoedas dos EUA que atuam como proxy para movimentos em moedas digitais também avançavam
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O bitcoin subia, nesta quarta-feira (9), após o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou documento que exigindo que agências do governo avaliem os benefícios e riscos da criação de um dólar digital do banco central e outras questões de criptomoedas.

A decisão de Biden exigirá que o Departamento do Tesouro, o Departamento de Comércio e outras agências importantes preparem relatórios sobre “o futuro do dinheiro” e o papel que as criptomoedas desempenharão.

“O mercado foi claramente animado com as conversas sobre apoiar a inovação responsável e uma abordagem construtiva para regular a economia de tokens digitais em evolução”, disse a equipe da Bitfinex Trading, em nota.

Às 14h02 (horário de Brasília), O bitcoin subia 9%, para 42.292 dólares, a caminho de seu maior ganho desde 28 de fevereiro, enquanto o ether, a moeda vinculada à rede blockchain Ethereum, subia 6,2% a 2.737 dólares.

Os fundos negociados em bolsa (ETFs) que rastreiam futuros de bitcoin que ganharam aprovação regulatória no final do ano passado também saltaram. ProShares Bitcoin Strategy ETF e Valkyrie Bitcoin Strategy ETF subiram 9,6% e 9,7%, respectivamente.

Os mineradores de criptomoedas dos EUA que atuam como proxy para movimentos em moedas digitais também avançavam. A Riot Blockchain subia 10,6% e a Marathon Digital Holdings subia 11,3%, enquanto a exchange de criptomoedas Coinbase tinha valorização de 8,2%.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas