Alta das commodities, combustíveis e o que move o mercado hoje

Bolsonaro irá se encontrar com ministros para tentar encontrar uma solução para o preço dos combustíveis

Os índices futuros dos Estados Unidos operam em alta na manhã desta quarta-feira (9), seguindo o ritmo das Bolsas europeias e indo na contramão das asiáticas, que têm o seu terceiro dia consecutivo de queda.

O índice Nikkei apresentou baixa de 0,30% em Tóquio, a 24.717,53 pontos; o Hang Seng caiu 0,67% em Hong Kong, a 20.627,71 pontos.

O Xangai Composto teve queda de 1,13%, a 3.256,39 pontos, e o Shenzhen Composto teve baixa de 1,10%, a 2.116,15 pontos.

E o índice de preços ao produtor (PPI) chinês teve alta de 8,8% ante fevereiro, o que mostra uma desaceleração quando comparado com os os 9,1% informados em janeiro. As informações são do Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês).

No cenário global, os investidores seguem de olho na alta nos preços das commodities e os impactos da guerra na Ucrânia. O presidente norte-americano Joe Biden anunciou ontem que irá banir as importações de petróleo russo, atitude que o Reino Unido replicou.

O petróleo tipo Brent chegou a bater mais de US$ 130 por barril nesta manhã na Europa, enquanto o petróleo dos EUA batia acima de US$ 125 por barril.

Vladimir Putin retaliou e assinou um decreto para proibir a exportação de certos produtos, que ainda serão especificados. Além disso, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, se mostrou mais disposto a negociar com os russos.

BRASIL

No cenário doméstico, o ministro da Economia, Paulo Guedes, alertou que a ideia do governo não é realizar um congelamento de preços, mesmo com o preço do barril de petróleo operando acima dos US$ 120.

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), irá se encontrar com ministros para tentar encontrar uma solução para o preço dos combustíveis.

RADAR CORPORATIVO

CSU CardSystem (CARD3) anunciou, na terça-feira (8), que pagará R$ 4 milhões em juros sobre o capital próprio.

Marfrig (MFGR3) reportou lucro líquido de R$ 650 milhões no quarto trimestre de 2021, queda de 44,5% em relação ao mesmo período de 2020, informou a companhia, nesta terça-feira (8). 

E a L’Oreal está decidiu fechar temporariamente suas lojas na Rússia, além de suspender os investimentos no país.

Veja os destaques da agenda econômica desta quarta-feira (9):

HoraRegiãoEvento
8hBrasilIPC-S Capitais (1ª quadrissemana de março)
9hBrasilProdução industrial (Janeiro)
12h30EUAEstoques de petróleo bruto
14h30EUAFluxo cambial estrangeiro

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas