“É uma hipocrisia”, diz especialista sobre estratégia americana de controlar preço do petróleo

Para Leandro Ruschel, sócio-fundador da Liberta Investimentos, existem muitos interesses envolvidos

O governo dos Estados Unidos busca aliviar as sanções impostas sobre o petróleo da Venezuela como parte de uma estratégia para controlar a forte alta dos preços das commodities energéticas causada pelo conflito entre Rússia e Ucrânia.

Para Leandro Ruschel, sócio-fundador da Liberta Investimentos, existem muitos interesses envolvidos. “Isso gera uma certa hipocrisia porque se os americanos estão apoiando a Ucrânia supostamente para defender a democracia no mundo, como eles podem apoiar um regime ditatorial que produziu a destruição da Venezuela?”, questionou durante participação na programação da BM&C News.

Outro ponto de incoerência destacado pelo especialista é que se, caso exista uma motivação ambiental por parte do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de impedir o crescimento da produção de petróleo nos Estados Unidos, não há justificativa para incentivar a produção fora do país.

Confira a análise completa no vídeo abaixo:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas