Omega Energia aumenta participação em complexo eólico na Bahia

Com a transação, a companhia aumenta sua participação nos parques em implantação Assuruá 4 (211,5 MW de potência) e Assuruá 5 (243,6 MW)

A Omega Energia informou, nesta segunda-feira (7), que assinou um acordo para adquirir a totalidade dos diretos e obrigações do complexo de geração eólica Assuruá, localizado na Bahia.

Com a transação, a companhia aumenta sua participação nos parques em implantação Assuruá 4 (211,5 MW de potência) e Assuruá 5 (243,6 MW), além de poder realizar novas expansões do complexo com potencial para acrescentar mais 617,6 MW em capacidade instalada, disse.

Segundo a empresa, quando estiverem totalmente operacionais em 2023, os projetos Assuruá 4 e Assuruá 5 deverão adicionar aproximadamente 380 milhões de reais a seu Ebitda anual.

Ainda em comunicado, a companhia informou que seu plano de investimentos de 2022 passará por “remanejamento” que incluirá a postergação do início de obras de novos empreendimentos, uma vez que o investimento em Assuruá 4 e 5, além dos valores de aquisição, terão incremento de cerca de 200 milhões de reais nos próximos 18 meses.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas