Criptomoedas podem ser uma saída para gerar liquidez à Rússia após sanções, avalia Saravalle

O estrategista pontuou que é muito mais responsável encontrar oportunidades nas criptomoedas do que nos ativos em si ligados a Rússia ou a outras estatais
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

As criptomoedas foram colocadas por analistas como uma alternativa para driblar as sanções do bancos russos em razão de não ter regulamentação. Para o estrategista-chefe da SaraInvest, Marco Saravalle, o cenário para as moedas digitais é de aceleração após conflito entre Rússia e Ucrânia.

“Acho que todo o conceito de blockchain, de descentralização, vai ser muito mais explorado daqui para frente. Talvez seja uma das principais saídas para a Rússia conseguir mais liquidez depois de todas essas sanções”, afirmou o estrategista à BM&C News.

Saravalle pontuou que é muito mais responsável encontrar oportunidades nas criptomoedas do que nos ativos em si ligados a Rússia ou a outras estatais.

Por fim, o especialista destacou que o mercado tentou acelerar para uma economia mais verde, no entanto, que o mundo ainda não está preparado para isso.

Confira a análise completa no vídeo abaixo:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Últimas notícias

Matérias relacionadas