Por que os Estados Unidos não enviam um exército para defender a Ucrânia? 

O presidente Joe Biden deixou claro que as forças dos Estados Unidos não vão se envolver na história. Mas por qual motivo?  

Essa é uma pergunta muito comum de quem está acompanhando todo o desenrolar da guerra entre Rússia e Ucrânia. Os Estados Unidos chegaram a condenar as ações da Rússia e todos os bombardeios feitos contra a Ucrânia. Porém, o presidente Joe Biden deixou claro que as forças dos Estados Unidos não vão se envolver na história. Mas por qual motivo?  

Biden disse em uma entrevista que “é uma guerra mundial quando os americanos e a Rússia começam a disparar uns contra os outros”. Em outras palavras, a entrada dos Estados Unidos no conflito teria o potencial de se transformar em uma guerra mundial. 

Os Estados Unidos e a Rússia são os países com as maiores forças armadas do mundo. Juntos, eles também detêm os maiores arsenais de armas nucleares. E alguns pontos podem explicar por que os Estados Unidos não declaram uma guerra contra a Rússia.

Um dos motivos é a capacidade nuclear da Rússia, que é o mais com o maior armamento do mundo. Isso significa que se os Estados unidos e a Rússia entrassem em uma guerra, com os dois países acionando suas armas nucleares, eles poderiam destruir o mundo 11 vezes. 

Quer saber os outros motivos que fazem com que os Estados Unidos não entrem em guerra contra a Rússia? A BM&C News preparou um vídeo exclusivo. Assista abaixo:  

Compartilhe:

Matérias relacionadas