Cessar-fogo em Mariupol, na Ucrânia, fracassa pela segunda vez

A informação é do conselheiro do ministério do Interior do país, Anton Gerashchenko

Ataques russos interromperam pela segunda vez os planos de retirada de civis da cidade de Mariupol, no sudeste da Ucrânia, disse o conselheiro do ministério do Interior do país, Anton Gerashchenko.

“A segunda tentativa de um corredor humanitário para civis em Mariupol terminou novamente com bombardeios dos russos”, escreveu em sua conta no Telegram.

A Prefeitura de Mariupol, no sudeste da Ucrânia, havia anunciado neste domingo, 6, uma nova tentativa de retirada de civis a partir das 12h (horário local, 8h no horário de Brasília), um dia após a Rússia ser acusada de descumprir um acordo de cessar-fogo na região.

Separadamente, o serviço de segurança nacional da Ucrânia diz que as forças russas estão atirando foguetes em um instituto de física na cidade de Kharkiv que contém reatores nucleares. O serviço de segurança disse que um ataque à instalação nuclear pode levar a “desastre em grande escala.”

(com informações da Associated Press)

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas